Palestrantes Convidados

Fernando Antonio Ferreira Bartholo

Coordenador da Incubadora Social da Universidade Federal de Goiás e do Projeto Catadores Solidários (Cata Sol) na Região Metropolitana de Goiânia. Tecnólogo Em Cooperativismo pela Universidade Federal de Viçosa (1984), e mestre em Administração pela Universidade Federal de Lavras (2003). Atua nas áreas de Economia Solidária, Autogestão, Associativismo e Cooperativismo, Empreendimentos de Participação Comunitária e Incubação de Cooperativas Populares.

Laura Vilela Rodrigues Rezende

Doutora em Ciência da Informação (UnB). Mestre em Ciência da Informação (UnB). Especialista em Inteligência Organizacional e Competitiva. Especialista em redes de computadores pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-Goiás). Docente da Universidade Federal de Goiás-UFG. Atualmente tem desenvolvido pesquisas nos seguintes temas: Preservação Digital, Inclusão Social e Digital, Repositórios Digitais, Recursos Educacionais Abertos (REA). Membro do Grupo de Pesquisa Estudos e Práticas de Preservação Digital. Representante Centro-Oeste da Rede Cariniana de Preservação Digital.

Luiz Bouabci

Luiz Bouabci, sócio fundador da Mob - Inteligência em Rede, formou-se em Direito pela PUC-SP, tendo trabalhado por 7 anos em escritórios no Brasil e exterior em processos de mediação de conflitos e arbitragem. Bastante envolvido com sociologia e antropologia na graduação, fez mestrado em Sustentabilidade na Cátedra UNESCO da Universidade Politécnica da Catalunha, concluindo o curso com a tese: "Mobilização e Influência na Sociedade em Rede". Vem estudando e desenvolvendo metodologias de trabalho desde 2002 com inteligência de redes, tendo atuado no núcleo de reinvenção estratégica organizacional da Amana-key e liderando uma iniciativa de inteligência coletiva local e global na Ashoka. Em 2009 fundou a Mob e vem trabalhando em processos de diagnóstico e criação para o trabalho em rede em organizações como: Ashoka, ABCP, Banco do Nordeste, Vale, Fundo Vale, Itaú, Banco Santander, Instituto Arapyaú, Estaleiro Atlântico Sul, EDP Energia, Natura e outras.

Marcos Galindo Lima

Doutor em Historia pela Leiden University (Países Baixos). Mestre em Historia pela Universidade Federal de Pernambuco. Professor do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal de Pernambuco. Coordenador Científico do Laboratório de Tecnologia do Conhecimento – LIBER, onde desenvolve os projetos Rede Memorial de Pernambuco e Preservação da Memoria Digital – Um panorama brasileiro. Atua principalmente nos seguintes temas: Teoria da Informação, Memória e Uso de Tecnologias em Sistemas Memoriais. Atualmente é diretor de Extensão e Cultura da Universidade Federal de Pernambuco.

Mariana de Salles Oliveira

Sócia fundadora da n-1 inteligência de redes, formada em psicologia pela PUC-SP. Trabalhou 9 anos na clínica institucional da adolescência e psicoses, coordenou a parceria para Centro de Referência e Apoio a Vítima do Estado de São Paulo – CRAVI, consolidando seu trabalho clínico-político na fronteira das lutas anti-manicomiais e pelos direitos humanos. O aprofundamento do trabalho com grupos, a análise institucional e com a juventude abriram caminhos para projetos como consultora do Laboratório de Inteligência coletiva da PUC – LINC, e para líderar a formação de jovens do ensino médio do Estado de São Paulo para o programa Acessa Escola via parceria com LIDEC-USP. Hoje coordena a RedeHumanizaSUS, trabalho que consolida um caminho de ações em prol da humanização da atenção e produção de saúde em rede, a partir da Política Nacional de Humanização (MS). É pesquisadora do Laboratório de Política Públicas Participativas da UFG e consultora de gestão estratégica para políticas públicas em rede.

Maurício Barcellos Almeida

Pós-Doutor pela State University of New York, com pesquisa realizada na Ontology, Logic & Technology Unit do New York Center of Excellence in Bioinformatics & Life Sciences; Doutor em Ciência da Informação (UFMG), Mestre em Ciência da Informação (UFMG), Especialista em Administração (UNA), Especialista em Engenharia de Software (PUCMINAS), graduado em Engenharia Civil (UFMG), possui ainda o título Microsoft System Engineer. Atualmente é Professor Associado do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFMG, onde mantém pesquisas em Representação do Conhecimento. Autor de mais de 100 artigos nacionais e internacionais, tem como principais interesses de pesquisa: ontologia aplicada, organização do conhecimento, sistemas de informação e vocabulários biomédicos.

Paulo Alexandre de Castro

Professor do Departamento de Física da Universidade Federal de Goiás/Campus de Catalão (UFG/CAC). Doutor em Física Básica - Mecânica Estatística - defendendo a tese intitulada "Redes Complexas: modelagem, caracterização e dinâmica" (2007) em Física pela Universidade de São Paulo (USP). Possui pós-doutorado pela Universidade Federal de Santa Catarina, trabalhando no projeto intitulado "Estudo de Sistemas de Distribuição de Energia Elétrica Utilizando Redes Complexas: Modelagem, Caracterização e Dinâmica. Atualmente se dedica ao estudo dos seguintes temas - Ensino de Física/Ciências; - Letramento Múltiplo (ciências na Educação Básica); - Inovação e Tecnologia; - Física/Mecânica Estatística; - Sistemas/Redes Complexas; - Estrutura, dinâmica e complexidade de sistemas/redes (com ênfase em sistema sociais, informação, tecnológicas, biológicas); - Física Biológica e Sistemas/modelos epidemiológicos; - Algoritmos (e dinâmicas) de Otimização".

Patricia Zeni Marchiori

Doutora em Ciências da Comunicação (Ciência da Informação) pela Universidade de São Paulo/USP. Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro/UFRJ. Professora Titular na área de Teoria e Gestão da Informação da Universidade Federal do Paraná/UFPR. Líder do Grupo de Pesquisa Metodologias para Gestão da Informação (UFPR). Pesquisadora do Grupo de Pesquisa CEDUS – Design de Sistemas Virtuais Centrado no Usuário (USP). Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em sistemas de informação virtuais, atuando principalmente nos seguintes temas: metodologias em Gestão da Informação, Comunicação Científica, Produtos e Serviços de Informação, Políticas de Informação e Internet Colaborativa.

Rogério da Costa Santos

Professor Assistente da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Doutor (1998) em História da Filosofia pela Université de Paris IV (Paris-Sorbonne). Coordenador do Programa de Pós Graduação em Comunicação e Semiótica. Consultor OPAS para o Ministério da Saúde. Coordenador (2005/2006) da área de metodologias e tecnologias da informação da BIREME/OPAS/OMS. Coordena atualmente o Laboratório de Inteligência Coletiva - LInC (www.linc.org.br). Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Teoria da Comunicação, atuando principalmente nos seguintes temas: inteligência coletiva, redes sociais, cibercultura, comunidades virtuais, biopolítica e capitalismo cognitivo.

Ricardo Rodrigues Teixeira

Professor Doutor do Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Doutor (2003) em Medicina Preventiva pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Consultor (2007 a 2015) da Política Nacional de Humanização do Ministério da Saúde. Coordenador (2008 a 2015) da Rede HumanizaSUS. Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em redes sociais e inteligência coletiva, tecnologias e práticas de saúde, organização dos processos de trabalho em saúde, atenção primária à saúde, saúde pública, medicina, filosofia, comunicação e educação em saúde, tecnologias relacionais, acolhimento, humanização.

Realização

Apoio